Thursday, January 11, 2007

"Shake Your Monkey Maker"

Muitas 80 garrafas de vinho, alfajores, fumo dubom e doce também, buffets baratos de beira de estrada, e muito, muito Elmore James para aplacar minha sede de loucura. Eu seguro meu crânio aqui no banco de trás enquanto esse maldito debulha meu coração negro, seguro e aperto para não explodir e tudo acabar aqui mesmo. Misturo tudo cowboy, uma mistura assim, Ramblin’ Jack Elliott, Elmore James e taco mais um pouco de Bob Wills & His Texas Playboys e Bobby Dylan e olho a mistura efervescente com meus dois olhos míopes e flamejantes como a brasa do cigarro que queima trêmula na minha mão esquerda e meu suor escorre como a água dos rios que cortam a sulamérica. E a estrada corre solta com sua faixa dançando em ziguezague, com o zunido dos automóveis ultrapassados fazendo par com o slide guitar. Tudo vai ficar bem sempre que quiser, Ma. As piadas voam soltas como aquele bando de pássaros que segue rumo ao crepúsculo uruguaio. Eu acredito em nunca outra vez, Ma, e nos goles de vinho que caem na minha regata imunda que não tiro há 5 dias. Me abraça, linda, vamos sorrir para refletir o que resta de Sol nesta estrada neste continente neste dia.

2 comments:

ninguem said...

...quando e se vc voltar pra essa porra de cidade quente, suja e óbvia, aparece na nova morada do mal...coisa fina...

...

Carlos Carah said...

tô aqui já rapá.
vamo fazer um rolêna quinta?