Friday, March 28, 2008

eu já era

Ando por ai todas as noites. Longe da minha terra. Com Roy Orbison no rádio e uma ausência de sentimentos. Perco a cabeça à toa. Comporto-me mal e durmo fora de hora. Deus nunca me ofereceu nada. Só acho um saco quando ele me ignora. Sempre. Não seja rude comigo. Talvez eu esteja doente. Ainda sou a mesma pessoa. Perdendo a cabeça à toa. Comportando-me mal e dormindo fora de hora todas as noites. Eu já era. Mas ainda sou a mesma pessoa. Acordei com seu cheiro hoje. Flexionei minha mente tentando sentir o gosto e barulhos e brilhos me deixaram atordoado. Talvez eu esteja doente. Ando por ai todas as noites. Sozinho comigo mesmo. Sem adornos. Ou conselhos. Deixo o amor para os outros. Faço da vida minha roleta russa.

5 comments:

forever said...

todos somos sós, dentro de nós mesmos.
isso também também pode ser bom.
beijos

Adriano said...

...nem deu nada na volta de guaruio...

...fiquemo no aço bebendo cerveja à 2.70........é foda...

.......tamo pensando em ir no show em sorocaba......é grátis lá...e são 98 quilometros...........

Anonymous said...

ontem a gente foi tomar uma birra com o baterista do Shellac. ele é sangue. vamo em Sorocaba sim. o show é um bsurdo.
abraço,
cc

Adriano said...

...tem 4 querendo ir já.........................comé que nóis faz essa porra?

Anonymous said...

o Hugo tá indo numa van. ele disse que é baratinho. eu quero ir de Opala e tem uma funça colada. vamo de carro. doidera.